segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Petição para limitação pecuniária das reformas em Portugal

Ex.mo Senhor Presidente da Assembleia da República Portuguesa

A)- Considerandos

1.1 – A Segurança Social debate-se com enormes carências orçamentais.
1.2 – A diminuição da natalidade provocará um desiquilibrio estrutural nos orçamentos futuros.
1.3 – As reformas mais baixas, de tão ridículas, ofendem a dignidade humana.
1.4 – As reformas mais altas, incluindo as permitidas nas Instituições Bancárias e Empresas Públicas, constituem um intolerável abuso das classes dominantes.
1.5 – Os reformados com valores de dezenas de milhares de Euros por mês, terão, durante a sua vida profissional, amealhado o suficiente para, inclusivamente, dispensarem tão chorudas quantias.
1.6 – A solidariedade humana deve ser uma constante do comportamento cívico dos Portugueses. Quem muito ganhou, mais deve redistribuir.

B)- Propõe-se;

1.1 – Que seja criado um limite máximo para o valor das reformas pagas pelo Estado Português. Como limite máximo, sugere-se 5.000 Euros/mês
1.2 – Que nas Empresas e Organismos Privados e Públicos seja também criado um limite máximo – sugere-se o mesmo valor, sendo que os excedentes deverão constituir um fundo de garantia a aplicar em situações de carência absoluta e/ou para prover ao pagamento de medicamentos e realização de operações cirúrgicas a quem não tenha meios suficientes.

Os Peticionários

Para assinar clique aqui.

domingo, 13 de dezembro de 2009

50 mil portugueses vitimas de erros médicos

“Os erros médicos nas cirurgias afectam 50 mil portugueses por ano e chegam a provocar complicações graves ou até a morte em 2500 doentes. Em cada cem doentes que entram num bloco operatório, 11 saem com um problema decorrente da cirurgia”

In. Jornal Expresso n.º 1937, de 12 de Dezembro de 2009.

Inacreditável!

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

A mulher é melhor do que o homem

"Só quando os homens chegam a uma certa idade é que podem dizer com certeza que as mulheres são melhores do que eles em tudo - mesmo na bola, a carregar pianos, a lutar com jacarés ou nas outras coisas em que ganhávamos quando éramos mais novos e brutos e fortes.

Quando se é adolescente, desconfia-se que elas são melhores. Nos vintes, fica-se com a certeza. Nos trintas, aprende-se a disfarçar. Nos quarentas, ganha-se juízo e desiste-se. Nos cinquentas, começa-se a dar graças a Deus que seja assim.

Os homens que discordam são os que não foram capazes de aprender com as mulheres (por exemplo, a serem homenzinhos), por medo ou vaidade ou estupidez. Geralmente as três coisas. Desde pequenino, habituei-me que havia sempre pelo menos uma mulher melhor do que eu. Começou logo com a minha linda e maravilhosa mãe, cuja superioridade - que condescendia, por amor, em esconder de vez em quando - tem vindo a revelar-se cada vez mais. As mulheres são melhores e estão fartas de sabê-lo. Mas, como os gatos, sabem que ganham em esconder a superioridade. Os desgraçados dos cães, tal como os homens, são tão inseguros e sedentos de aprovação que se deixam treinar. Resultado: fartam-se de trabalhar e de fazer figuras tristes, nas casas e nas caças e nos circos. Os gatos, sendo muito mais inteligentes, acrobatas e jeitosos, sabem muito bem que o exibicionismo vai levar à escravatura vil.

Isto não é conversa de engate. É até um tira-tesões. Mas é a verdade. E é bonita."

Texto de Miguel Esteves Cardoso.
Enviado pela amiga Vânia Santos.

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

sábado, 21 de novembro de 2009

Breve reflexão

A maioria dos indivíduos não se sente realizada e julga que o outro é mais feliz do que ele, e vice-versa. Passamos por um período de carência motivacional, e para restabelecer a confiança há que voltar a dar atenção às pequenas coisas.

A satisfação pessoal atingiu níveis de grande exigência e o ser humano já não se satisfaz somente com o que lhe é natural, a vida em si, o facto de poder usufruir dos cinco sentidos, de poder correr por uma ladeira, de braços abertos, em direcção ao mar, sentindo a brisa. Já não se satisfaz com uma simples conversa de café, e muito menos com os seus afazeres.

Tudo parece desmoronar-se perante o tempo, que é sempre curto, obrigando à constante correria. Mas o constrangedor é que muitos não sabem para onde correm.

A satisfação no século XXI é baseada em posse, em materialismo, em poder, ou pelo menos, e na maioria dos casos, na sensação de poder.

A realização não advém da correria desenfreada, mas das pausas ponderadas feitas a momentos precisos. Momentos de análise do percurso, momentos de interiorização, de assimilação.

A realização não carece necessariamente de uma conta de milhões, mas sim de uma mão cheia de amigos, de pessoas com as quais podemos contar e evoluir. Essa é uma grande riqueza.

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Violência verbal

Haja consciência das palavras que se proferem, que na maioria das vezes magoam tanto, ou mais, do que a agressão física.




quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Gala DeRose'09 - já este fim-de-semana


"Filósofo e escritor com mais de um milhão de livros vendidos em todo o mundo vai estar no Porto de Sexta a terça-feira.

DeRose vai presidir sexta-feira ao lançamento do livro “Histórico e trajectória” e ao lançamento formal do DVD de entrevista “Conversas com Rumo”, da autoria do jornalista António Mateus.

No programa oficial destaque para Gala DeRose marcada para as 20h00 de sábado, também no edifício da Alfândega do Porto.

Ainda no sábado à tarde e já no domingo e segunda-feira, DeRose irá proferir cursos na Universidade Lusófona e na Unidade de Campo Alegre."
(In. blog Selva Urbana)

terça-feira, 27 de outubro de 2009

Futebol

Há muito tempo que deixei de ligar ao futebol de uma forma intensiva. Aliás, julgo que nunca fui muito fanático, mas gostava de ver a equipa da qual era adepto e a selecção.
À medida que o futebol foi ganhando mais contornos politico e menos desportivos afastei-me, naturalmente. As conversas de bastidores e os treinadores de bancada começaram a ter mais predominância do que o próprio jogo. Era altura de deixar de perder tempo.
O facto da equipa que eu admirava ter começado a ter uma carreira menos louvável também contribuiu para o desinteresse.
O campeonato nacional deixou de ter qualquer importancia, a não ser quando havia um jogo entre os grandes, e mesmo assim, uma boa parte das vez, não via o jogo, interessando-me somente pelo resultado final.
O que é certo é que sempre que o clube, que desde menino apreciava, ganhava uma série de jogos o gosto começava a despontar gradualmente, contudo, sempre ofuscado pela politiquice que atemoriza a verdadeira essência deste desporto, chamado rei.
Não será difícil, ao leitor, descobrir qual o clube do qual sou adepto, e a razão que me leva a escrever estas linhas.
Quando a beleza do desporto supera os restantes meandros, que o ofuscam, o interesse do adepto vem ao de cima e volta novamente a surgir a vontade de olhar para esse mundo.
Outrora gostava de me reunir com amigos, de quando em vez, e apreciar uma boa partida de futebol, após a qual nos reuníamos num jantar confraternal e debatíamos a beleza inerente do que havíamos acabado de assistir. Há muito tempo que não faço isso, mas quem sabe, se os resultados se mantiverem...

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

terça-feira, 20 de outubro de 2009

Foco

Num mundo repleto de tanta actividade, é fácil perder o foco daquilo que pretendemos. Nos momentos de maior serenidade vislumbramos com clareza os nossos planos e a sua execução, mas com o avançar das horas e dos dias damos-nos conta que perdemos muito tempo com assuntos fúteis e que em nada contribuem para a nossa felicidade, ou sucesso.
A Internet veio, nesse aspecto, complicar a vida daqueles que devido à sua falta de organização não resistem a passar horas a navegar sem norte.
Há que ter disciplina e foco se se quer alcançar uma meta com consistência e distinguir uma pequena distracção de um desvio de atenção que nos tira do rumo e do objectivo a que inicialmente nos havíamos proposto.

domingo, 18 de outubro de 2009

Xixi no Banho

Sabia que ao carregar no autoclismo gasta cerca de 9 litros de água? E que se fizer xixi no duche poupa esse preciso recurso.
Sim, à primeira vista parece estranho, mas é essa a proposta da organização Xixi no Banho. Vejam o site da mesma, o grafismo está muito bom.

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Obrigado Sofia Barrocas

No dia 10 de Outubro, o JN, na sua revista Notícias de Sábado, publicou uma crónica de um tal Joel Neto que ridiculariza o vegetarianismo (ver aqui). Um exemplo de como um jornal deste calibre mete o pé na argola ao aceitar textos de alguém que opina sobre o que não sabe.
Contudo, uma semana antes, a editora executiva da revista Notícias Magazine n.906, do mesmo JN, escreveu uma nota de abertura digna de registo, da qual cito apenas as primeiras linhas, mas que valeria a pena ler na integra:
"Quem tem fé na condição humana acredita que a nossa evolução espiritual nos levará a um tal ponto de respeito pela criação (seja ela da responsabilidade de quem for) que acabaremos por ser incapazes de comer animais(...)."

Obrigado Sofia Barrocas!

terça-feira, 13 de outubro de 2009

quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Semana Vegetariana 2009 :: 1 a 7 de Outubro

"De 1 a 7 de Outubro de 2009 irá decorrer, pelo segundo ano consecutivo, a Semana Vegetariana Mundial. Inúmeras organizações, espalhadas por vários países, juntam-se a este movimento para promover um estilo de vida mais saudável, mais humano e ambientalmente sustentável.


Este ano, o famoso autor John Robbins aceitou o desafio de promover a Semana Vegetariana Mundial. John Robbins é filho do fundador do império de gelados Baskin & Robbins, e desistiu do império para se concentrar na sua escrita e na promoção de um estilo de vida saudável e conscencioso. É autor do best-seller "The Food Revolution" e ainda dos livros "Diet for a new America" e "Healthy at 100", John Robbins é também um brilhante orador tendo sido orador principal em várias conferências em diversos países. John Robbins convida-o(a): Por uma melhor saúde para SI e para o PLANETA, escolha o vegetarianismo, promova a Semana Vegetariana: de 1 a 7 de Outubro.


A Semana Vegetariana são sete dias, dedicados à promoção e divulgação do vegetarianismo, enquanto estilo mais saudável, ético e ecológico.



· 1 de Outubro, Dia Mundial do Vegetarianismo


. 2 de Outubro, Dia Mundial dos Animais de Quinta


· 4 de Outubro, Dia Mundial do Animal"


Fonte: Centro Vegetariano

Entrevista com o escritor DeRose

E continuamos...

Um dos primeiros posts que coloquei neste blog, no ido ano de 2005, tinha como base o facto de em finais de Setembro algumas montras de shopping já estarem decoradas com artigos alusivos ao Natal.
Hoje, recebi na minha caixa de correio um jornal, de uma conhecida cadeia de super-mercados, que dava amplo destaque, em duas páginas inteiras, a "Novidades Natalícias".



Grande verdade

Onde houver determinação,
há uma solução.
George S. Clason

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

A disciplina

Disciplina! Para alguns esta palavra causa calafrios, para outros é musica para os ouvidos.
Julgo que me encontro no segundo grupo, apesar de nunca estar satisfeito. Há sempre algo que pode ser feito de uma melhor forma, de cumprir mais escrupulosamente um objectivo, de dar um pouco mais de nós.
Não me julgo disciplinado por mim mesmo, mas sim pelos comentários dos que me são próximos. Assim sendo, chego à conclusão de que a disciplina "vicia", quanto mais se tem, mais se quer ter. Contudo, e como em qualquer questão, há que ter o bom senso.
Todos os dias ela pode ser aprimorada, sobretudo nos pequenos detalhes, nas pequenas coisas.

"A liberdade é o nosso bem mais precioso. No caso de ter que confrontá-la com a disciplina, se esta violentar aquela, opte pela liberdade" (DeRose)

terça-feira, 8 de setembro de 2009

"compreendi que não bastaria denunciar a injustiça. Era preciso dar a vida para a combater."

A. Camus

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Ruas do Porto no Google Maps

Para os mais distraídos, informo que recentemente o Google Maps disponibilizou a vista das ruas das cidades do Porto e de Lisboa, à semelhança do que já vinha fazendo com Paris, Nova Iorque, Londres, entre muitas outras.
Esta funcionalidade é de veras extraordinária, e demonstra o poder de realização de uma empresa como a Google.
Para terem uma ideia daquilo a que me refiro, vejam abaixo os exemplos:

Torre do Clérigos:


Ver mapa maior

Casa da Música:


Ver mapa maior

Avenida dos Aliados:


Ver mapa maior

Método DeRose Campo Alegre:


Ver mapa maior
Bom proveito.

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

quinta-feira, 30 de julho de 2009

Limpar Portugal num só dia

Tive conhecimento deste projecto fantástico, que tem como intuito limpar a floresta portuguesa num só dia.
Vejam o vídeo do país pioneiro a realizar tal acção, a Estónia, e registem-se posteriormente no site Limpar Portugal, clicando aqui.

Obrigado Sónia Monteiro pela partilha desta informação.

terça-feira, 7 de julho de 2009

Associação Dietética Americana aconselha dieta vegetariana.

"Seguir uma dieta vegetariana pode ser uma boa maneira de diminuir o risco de doenças crónicas como diabetes, obesidade, hipertensão e cancro, afirma a Associação Dietética Americana (ADA), que publicou esta semana uma actualização das suas recomendações sobre alimentação saudável no "Journal of the American Dietetic Association". Segundo os nutricionistas da ADA, não há dúvidas de que uma dieta vegetariana bem planeada é uma opção saudável para crianças, adolescentes e adultos.
A Associação Dietética Americana reconhece que uma dieta vegetariana bem planeada, incluindo o vegetarianismo completo (que exclui todo tipo de carne e ovos) e o veganismo (que exclui carnes, ovos e lacticínios), pode ser saudável, nutricionalmente completa e traz benefícios na prevenção e no tratamento de certas doenças. As dietas vegetarianas são eficazes em todas as fases da vida, incluindo na gravidez, na lactação, na primeira infância, na adolescência e para atletas", divulgaram em nota os nutricionistas Winston Craig e Reed Mangels, conselheiros da ADA.
Os nutricionistas aproveitaram para enfatizar o bom resultado de inúmeros estudos que ligam uma dieta com menos carne a um risco menor de uma série de doenças. Quem é vegetariano ou exclui a carne do cardápio alguns dias da semana tem menos colesterol alto, problemas cardiovasculares, hipertensão e diabetes tipo 2, afirmaram Craig e Reed. Quem segue este tipo de dieta também tende a comer menos gorduras saturadas e mais fibras."

"As dietas vegetarianas são eficazes em todas as fases da vida, incluindo na gravidez, na lactação, na primeira infância, na adolescência e para atletas"

In. Globo
Para mais informações consulte www.eatright.org

quinta-feira, 2 de julho de 2009

Uma dica para salvar o planeta

Vejam o vídeo que se segue, que encontrei na página da Associação Vegetariana Portuguesa. Vale a pena e só demora onze minutos.

Desgraça do Homem

A desgraça do homem está na sua capacidade de destruir, capacidade que todos possuem.
O acto de construir, esse sim, está somente na mão de alguns.

quarta-feira, 1 de julho de 2009

Urge o tempo


A vida é curta, não há tempo a perder. Urge a necessidade de realizar, dispensando as futilidades triviais. Deixemos somente a futilidade de descompressão, momento ideal para assentar ideias e retomar de forças.
Contudo, não sejamos idiotas ao ponto de na corrida da vida corrermos sem plano bem delineado e sem ter os pés bem assentes na terra. Caso contrário, seremos como o hamster que corre na sua roda, mas não vai a lado nenhum. Infeliz do pobre bicho, que na sua ignorância julga estar a fugir da gaiola que o prende.

Fotografia: Darrin Klimek

segunda-feira, 29 de junho de 2009

Bronze epidérmico

Durante o século passado o bronze passou a estar na moda. Algo que nos séculos anteriores era sinónimo de escravatura ou de trabalhos forçados.
Torrar a pele, correndo o risco de sofrer de graves danos, tornou-se sinónimo de beleza, e elas, mais do que eles, fazem de tudo para ganharem uma corzinha.
Como é sabido, o que é belo hoje não o foi ontem e poderá não o ser amanhã, e esta será um das essências da moda.
Não sou contra o facto das pessoas se bronzearem, caso isso os faça felizes e consequentemente felizes os que os rodeiam. Não consigo perceber é que muitos o façam por influência externa e não pela sua própria vontade ou gosto - e não será este outro aspecto da moda?
Cada qual tem a sua beleza específica, característica, o que torna cada um tão especial. Padronizar a beleza é diminuí-la.
O branco é belo pelo tom alvo; a cor escura é magnífica pela sua textura; os loiros pelos seus cabelos cor de trigo; o ruivo pelos seus tons avermelhados. Cada qual com as suas subtilezas.
Ora, padronizar é perder essas características, que na minha opinião são a base de qualquer tipo de beleza.


As leis fundamentais da estupidez humana (V)

A quinta lei fundamental:

A pessoas estúpida é o tipo de pessoa mais perigosa que existe.

O corolário da lei é:

O estúpido é mais perigoso do que o bandido.

Carlo M. Cipolla - Allegro ma non troppo, Edições Texto & Grafia.

A primeira lei fundamental.
A segunda lei fundamental.
A terceira lei fundamental.
A quarta lei fundamental.

terça-feira, 16 de junho de 2009

O Cliente

"Eu sou o homem que vai a um restaurante, senta-se à mesa e pacientemente espera, enquanto o garçom faz tudo, menos o meu pedido.
Eu sou o homem que vai a uma loja e espera calado, enquanto os vendedores terminam suas conversas particulares.
Eu sou o homem que entra num posto de gasolina e nunca toca a buzina, mas espera pacientemente que o empregado termine a leitura do seu jornal.
Eu sou o homem que explica sua desesperada e imediata necessidade de uma peça, mas não reclama quando a recebe após três semanas somente.
Eu sou o homem que, quando entra num estabelecimento comercial, parece estar pedindo um favor, ansiando por um sorriso ou esperando apenas ser notado.
Eu sou o homem que entra num banco e aguarda tranquilamente que as recepcionistas e os caixas terminem de conversar com seus amigos e espera pacientemente enquanto os funcionários trocam idéias entre si, ou simplesmente baixam a cabeça e fingem não me ver. Você deve estar pensando que sou uma pessoa quieta, paciente, do tipo que nunca cria problemas. Engana-se…
Sabe quem eu sou?
Eu sou o cliente que nunca mais volta!
Divirto-me vendo milhões sendo gastos todos os anos em anúncios de toda ordem, para levar-me de novo à sua empresa. Quando fui lá, pela primeira vez, tudo o que deviam ter feito era apenas a pequena gentileza, tão barata, de me enviar um pouco mais de “CORTESIA”.
“Clientes podem demitir todos de uma empresa, do alto executivo para baixo, simplesmente gastando seu dinheiro em algum outro lugar.”

Sam Walton
Fundador da Wal-Mart, a maior cadeia de retalho do mundo.

Retirado do Blog doDerose.

terça-feira, 9 de junho de 2009

Animals save the planet

Se se preocupa com a preservação do ambiente vai gostar deste site: http://www.animalssavetheplanet.com

A Coisa Berlusconi

Não podia deixar passar em branco o artigo que José Saramago escreveu recentemente no jornal espanhol El Pais: A Coisa Berlusconi.
"Esta coisa, esta doença, este vírus ameaça ser a causa da morte moral do país de Verdi se um vómito profundo não conseguir arrancá-la da consciência dos italianos antes que o veneno acabe por corroer-lhes as veias e destroçar o coração de uma das mais ricas culturas europeias."

Par ler o texto na integra aceda ao blog do autor O Caderno de Saramago.

Sem papas na língua.

quarta-feira, 3 de junho de 2009

HOME - dia 5 de Junho


Dia 5 de Junho, Dia Mundial do Ambiente, dar-se-á um acontecimento impar em prol do planeta terra. Pegando na ideia do livro A Terra Vista do Céu, de Yann Arthus-Bertrand, elaborou-se um documentário filmado exclusivamente por via aérea, de forma a dar um panorama do planeta e do impacto da humanidade na natureza.
HOME será um grandioso evento, onde pela primeira vez um filme será exibido simultaneamente em mais de 50 países.
O documentário estará disponível, no dia 5, nos cinemas, na televisão, em dvd, e na Internet. O valor a pagar nas salas de cinema será simbólico e reverterá para campanhas ambientais; em relação ao DVD custará uns singelos € 4,99, venda exclusiva nas lojas Fnac; na Internet será completamente gratuito.
O objectivo é alcançar a maior audiência possível, de forma a sensibilizar o indivíduo e a sociedade para as suas responsabilidades para com o planeta.
Filme realizado por Yann Arthus-Bertrand e patrocinado totalmente pelo grupo PPR, do qual a Fnac faz parte.

Cinemas Lusomundo - somente no dia 5 de Junho
RTP 2 - dia 5 de Junho às 20h30
DVD e BlueRay - à venda na Fnac
Internet - em http://www.youtube.com/homeproject

Sinopse:

"Yann Arthus-Bertrand leva-nos numa viagem original à volta da Terra, para que possamos contemplá-la, entendê-la. HOME vai ajudar-nos a perceber a nossa relação com o nosso planeta. Serão revelados, em simultâneo, as preciosidades que ela nos oferece e as marcas que deixamos para trás, com um único objectivo: encorajar-nos a proteger o mundo. Este filme é um livro de viagens feito apenas com fotografias de paisagens aéreas. Do céu, podemos observar as correntes de água, as várias direcções dos caminhos, podemos compreender uma situação complexa com um simples olhar, sem recorrer a qualquer explicação. Como dizia Archimedes, “Dá-me um ponto de apoio e eu elevarei o mundo”. No nosso caso, aquele “ponto de apoio” é o nosso olhar. Este filme incita a uma nova consciência. De facto, à medida que nos levantamos no ar, vemos o nosso mundo de uma maneira diferente, de uma forma como nunca experienciámos. HOME convida-nos a parar por um momento de modo a olharmos para o nosso planeta e percebermos como tratamos a sua riqueza e a sua beleza." In. fnac.pt








terça-feira, 2 de junho de 2009

As leis fundamentais da estupidez humana (IV)

A quarta lei fundamental:

As pessoas não estúpidas subestimam sempre o potencial nocivo das pessoas estúpidas. Em particular, os não estúpidos esquecem-se constantemente que em qualquer momento, lugar e situação, tratar e/ou associar-se com indivíduos estúpidos revela-se infalivelmente um erro que se paga muito caro.

Carlo M. Cipolla - Allegro ma non troppo, Edições Texto & Grafia.

sábado, 16 de maio de 2009

Cansaço ou Desmotivação


É comum as pessoas dizerem que estão cansadas, fatigadas, chegando ao fim do dia sem energia. Contudo, analisando alguns factos, posso adiantar que na maioria dos casos o problema não é o excesso de trabalho, mas sim a falta de motivação. E este problema pode advir de várias formas: ou realmente não gosta do que se faz, e esta é a maioria dos casos, ou então, apesar de se gostar da profissão, não se aufere uma remuneração justa, o que acaba, de igual forma, por levar à desmotivação.

Substitua-se então a pesada palavra cansaço.

Solução: fazer um trabalho de auto motivação, elaborando planos e estabelecendo metas pessoais a atingir. No caso de não se gostar do que se faz a solução é óbvia. Para os que gostariam de auferir algo mais, há que despoletar a imaginação e a sua capacidade de realização, de forma a que isso aconteça, e sobretudo congratular-se por trabalhar em algo que realmente se gosta, ao contrário da maioria.

Fotografia: Joos Mind

quarta-feira, 13 de maio de 2009

O automóvel híbrido mais barato


O Honda Insight é actualmente o automóvel híbrido mais barato do mercado português. Pela módica quantia de € 19,990 será dono de um veículo amigo do ambiente.
Com consumos muito baixos este familiar não deixa nada a dever em relação aos seus concorrentes. Apesar do design não ser dos mais atractivos está longe de ser feio. Até tem algo de ficção científica.
O painel de instrumentos apresenta uma inovação, iluminado a duas cores indica ao condutor se a condução está a ser económica ou não. Quando a iluminação do painel é verde é bom sinal, indicando que a consução está a ser económica e menos poluente, se os tons alterarem para azul significa que está com o pé pesado, logo, menos ecológico e económico.
Chega a gastar 3,5 L/100Km - a velocidades entre os 80 e 100 Km/h - algo surpreendente, pois já tive uma acelera que gastava bem mais do que isso.

Saiba mais no site oficial, aqui.

As leis fundamentais da estupidez humana (III)

A terceira lei fundamental:

Uma pessoas estúpida é aquela que causa um dano a uma pessoa ou a um grupo de pessoas, sem que disso resulte alguma vantagem para si, ou podendo até vir a sofrer um prejuízo.

Carlo M. Cipolla - Allegro ma non troppo, Edições Texto & Grafia.

segunda-feira, 11 de maio de 2009

Frase de Einstein

"Nada beneficiará mais a saúde da humanidade e aumentará as hipóteses de sobrevivência de vida na Terra que a dieta vegetariana."
Albert Einstein

quinta-feira, 30 de abril de 2009

As leis fundamentais da estupidez humana (II)

A segunda lei fundamental:

A probabilidade de uma certa pessoa ser estúpida é independente de qualquer outra característica dessa mesma pessoa.

Carlo M. Cipolla - Allegro ma non troppo, Edições Texto & Grafia.

quarta-feira, 29 de abril de 2009

Gripe Suína, por José Saramago

Li o texto que se segue no blog do escritor José Saramago:

"Não sei nada do assunto e a experiência directa de haver convivido com porcos na infância e na adolescência não me serve de nada. Aquilo era mais uma família híbrida de humanos e animais que outra coisa. Mas leio com atenção os jornais, ouço e vejo as reportagens da rádio e da televisão, e, graças a alguma leitura providencial que me tem ajudado a compreender melhor os bastidores das causas primeiras da anunciada pandemia, talvez possa trazer aqui algum dado que esclareça por sua vez o leitor. Há muito tempo que os especialistas em virologia estão convencidos de que o sistema de agricultura intensiva da China meridional foi o principal vector da mutação gripal: tanto da “deriva” estacional como do episódico “intercâmbio” genómico. Há já seis anos que a revista Science publicava um artigo importante em que mostrava que, depois de anos de estabilidade, o vírus da gripe suína da América do Norte havia dado um salto evolutivo vertiginoso. A industrialização, por grandes empresas, da produção pecuária rompeu o que até então tinha sido o monopólio natural da China na evolução da gripe. Nas últimas décadas, o sector pecuário transformou-se em algo que se parece mais à indústria petroquímica que à bucólica quinta familiar que os livros de texto na escola se comprazem em descrever…

Em 1966, por exemplo, havia nos Estados Unidos 53 milhões de suínos distribuídos por um milhão de granjas. Actualmente, 65 milhões de porcos concentram-se em 65.000 instalações. Isso significou passar das antigas pocilgas aos ciclópicos infernos fecais de hoje, nos quais, entre o esterco e sob um calor sufocante, prontos para intercambiar agente patogénicos à velocidade do raio, se amontoam dezenas de milhões de animais com mais do que debilitados sistemas imunitários.

Não será, certamente, a única causa, mas não poderá ser ignorada."

terça-feira, 28 de abril de 2009

Earth Water


 "A  água embalada Earth Water é o único produto no mundo com o selo do Alto-Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR), revertendo os seus lucros a favor do programa de ajuda de água daquela instituição. A  nível nacional, a Earth Water é um projecto que conta com a colaboração da Tetra Pak, do Continente, da Central Cervejas e Bebidas, da MSTF Partners, do Grupo GCI e da Fundação Luís Figo.
Com o preço de venda ao público (PVP) de 59 cêntimos, a embalagem de Earth Water diz no rótulo que «oferece 100% dos seus lucros mundiais ao programa de ajuda de água da ACNUR», apresentando, mais abaixo, o slogan «A água que vale água».
Actualmente morrem 6 mil pessoas no mundo por dia por falta de água potável. Com 4 cêntimos, o ACNUR consegue fornecer água a um refugiado por um dia.

 "Todos os dias morrem seis mil pessoas devido à falta de água potável e destas, 80% são crianças. A cada 15 segundos morre uma criança devido a uma doença relacionada com a água. Com a criação da Earth Water pretende fazer-se a diferença e melhorar estas estatísticas assustadoras. Ao desenvolver o conceito "You Never Drink Alone"  pretende-se criar solução para a falta de água mundial."

Site Oficial:  http://earth-water.org

sábado, 25 de abril de 2009

Foi há 35 anos...

...e parece já ter sido há uma eternidade. Apesar de ter nascido quase dois anos depois, talvez por ter cursado história, para mim essa data não me passa ao lado, como à grande maioria dos jovem que nasceu pós 25 de Abril. Após 35 anos muitos já se esqueceram do que vale a liberdade, do que foi preciso lutar e sofrer para que hoje fossemos livres de um regime ditatorial.
As livrarias voltam a estar repletas de livros de Salazar, não numa sede de conhecimento histórico, mas antes como enaltecimento das qualidades do ditador. Não que essas qualidades fossem inexistentes, mas sendo repressor da liberdade todas as virtudes passam para segundo plano.
Até um Largo será hoje inaugurado com o seu nome, na sua terra natal, em Santa Comba Dão.
Somos mesmo um povo marcado pelo saudosismo, até das coisas menos boas.
O povo português, actualmente, e segundo vários estudos, é terrivelmente pessimista, contudo também é dinâmico, empreendedor, inteligente e trabalhador quanto baste, para, se assim pretender, vencer todas as adversidade e atingir um patamar de sucesso.
Nesta data emblemática da democracia portuguesa, convém fazer um exame de consciência e decidirmos, cada um de nós, em que sentido queremos rumar, e mais importante do que tudo, que contributo poderemos dar à fomentação da democracia, como democratas e seres livres activos e não passivos.


terça-feira, 21 de abril de 2009

As leis fundamentais da estupidez humana

Recentemente li um livro maravilhoso, Allegro ma non troppo, da autoria de Carlo M. Cippola. Tratam-se de dois ensaios humorísticos muito bem conseguidos, onde expõe alguns podres da sociedade, mas com boa disposição à mistura.
Numa primeira parte aborda a "pimenta, vinho (e lã) no desenvolvimento económico medieval" e numa segunda faz referência às "leis fundamentais da estupidez humana", e são estas que nos próximos dias vos darei a conhecer. Para um conhecimento mais profundo sobre as mesma aconselho vivamente a aquisição do livro.

A primeira lei fundamental:

Cada um de nós subestima sempre e inevitavelmente o número de indivíduos estúpidos em circulação.


Allegro ma non troppo
Carlo M. Cipolla
Edições Texto & Grafia
ISBN: 9789899568976
PVP: € 10,00

quarta-feira, 8 de abril de 2009

Tropfest NY 2008 - vídeo vencedor



"O Tropfest é o maior festival de curtas-metragens do mundo. Começou há 17 anos atrás em Sydney e no ano passado teve a sua primeira edição em Nova Iorque.

O vencedor de 2008 filmou a sua curta-metragem recorrendo apenas a um telemóvel. O seu orçamento foi de cerca de 20 euros. Jason Van Genderen escolheu como tema os sem abrigo." (fonte: revista Visão on-line).

Tive conhecimento deste vídeo através da amiga Susana Romão, que teve a amabilidade de mo enviar via e-mail.

terça-feira, 31 de março de 2009

Fundação Playing For Change

Magnífica é este fundação Playing For Change, que tem como objectivo unir o mundo através da música, fornecendo meios ao músicos e às suas comunidades.
A emoção após ver o primeiro vídeo não me deixa escrever mais nada.
As imagens falam por si, vejam abaixo alguns vídeos e o site oficial.







Site Oficial: Playing For Change

Agradecimentos à amiga Graça Peralta que através de um vídeo me deu a conhecer esta fantástica fundação.
E o mundo poderia ser um lugar extraordinário para todos.

sábado, 28 de março de 2009

"O homem que sobreviveu a duas bombas atómicas"


Ao dar uma vista de olhos ao jornal on-line do Público, deparei-me com a seguinte extraordinária notícia:

"Houve dois ataques nucleares na história da Humanidade: em Hiroxima, a 6 de Agosto de 1945, e três dias depois, em Nagasáqui. Em ambas as ocasiões, um engenheiro japonês estava lá quando o Inferno desceu à Terra. E sobreviveu para denunciar o horror na primeira pessoa.

Tsutomu Yamaguchi é forte candidato ao prémio de ser humano mais azarado de sempre. Mas, vistas bem as coisas, até teve muita sorte. A 6 de Agosto de 1945, este engenheiro da Mitsubishi Heavy Industries estava em Hiroxima em viagem de negócios quando a primeira bomba atómica explodiu sobre o Japão. Sofreu queimaduras e ferimentos vários, mas, após uma noite num centro de abrigo, regressou a casa. Em Nagasáqui. Mesmo a tempo de ser atingido pelo segundo ataque nuclear dos EUA, na semana mais negra do Japão e da história dos conflitos mundiais."

Para ler o artigo completo clique aqui.

terça-feira, 24 de março de 2009

A Hora do Planeta

No dia 28 de Março, às 20h30, apague as luzes durante uma hora.

"Hora do Planeta é uma iniciativa da rede WWF cujo objectivo é encorajar empresas, comunidades e indivíduos a desligar as luzes por uma hora no dia 28 de Março de 2009, às 20h30, visando reduzir as emissões de gases de efeito de estufa. Esta iniciativa começou em 2007, através da WWF-Austrália, que envolveu apenas a cidade de Sidney, onde 2 milhões de pessoas desligaram as suas luzes. A expectativa inicial era de reduzir 5% do consumo de energia eléctrica da cidade durante os 60 minutos do evento, mas o resultado foi o dobro do esperado: 10,2% de redução no consumo. Em 2008, já houve mais de 50 milhões de pessoas a participar em todo o mundo.
A WWF, a maior organização independente de conservação de natureza a nível mundial, protege o futuro do Planeta há mais de 45 anos. Tem cerca de 5 milhões de apoiantes e está activa nos cinco continentes em mais de 100 países.

A missão da WWF é travar a degradação do planeta e construir um futuro onde os seres humanos possam viver em harmonia com a natureza: promovendo a conservação da biodiversidade; assegurando a sustentabilidade dos recursos naturais; promovendo a redução da poluição e do desperdício. Saiba mais em: www.panda.org e em www.wwf.pt" (in. RevistaVisão).

Veja o vídeo, divulgue e particípe.


segunda-feira, 23 de março de 2009

Energia Solar na Austrália



"Situada no deserto da Austrália, esta fábrica de energia solar será a mais alta construção do mundo e também a mais ambiciosa obra para gerar electricidade a partir de uma fonte não poluente.
O maior projecto de produção de energia solar do planeta está a ser construído em Mildura, no meio do deserto australiano. Uma torre de 1 km de altura por 130 m de diâmetro, que será a mais alta construção do mundo quando ficar pronta, em 2009; será erguida no centro de um imenso painel solar, de 20 km quadrados. Se tudo correr como o previsto, o calor gerado pelo painel formará uma corrente de ar de até 50 km/h na enorme chaminé, o bastante para movimentar 32 turbinas, gerar 200 megawatts de energia e abastecer até 1 milhão de pessoas.
O gigantismo do projecto dá uma ideia de quanto as fontes renováveis, como o sol e os ventos, começam a merecer atenção e a tornarem-se viáveis.
O filme é de aproximadamente 3 minutos e vale a pena ser visto
"

Este texto e vídeo foram-me enviados por email pelo amigo Diogo Silva.

sexta-feira, 20 de março de 2009

Dia Mundial Sem Carne

Nota de Imprensa do Centro Vegetariano

20 de Março – Dia Mundial Sem Carne


Iniciativa lançada nos EUA em 1985 pela FARM (Farm Animal Reform Movement), o Dia Mundial Sem Carne é actualmente uma das maiores campanhas de sensibilização à dieta vegetariana realizada a nível mundial.

Neste dia, as pessoas são convidadas a fazer uma alimentação alternativa, à base de vegetais e frutas e sem a ingestão de qualquer tipo de carne ou peixe. É a celebração da chegada da Primavera de uma forma diferente.


Vantagens de uma alimentação sem carne:

- Diminui o colesterol, reduzindo assim o risco de desenvolver doenças cardíacas, como um ataque cardíaco ou aterosclerose;

- Ajuda na prevenção do cancro, diabetes, obesidade e outras doenças crónicas;

- Evita que os animais sejam capturados, enclausurados, torturados, drogados e abatidos de forma agonizante.

- Preserva as fontes de produção de alimentos e água utilizadas na alimentação dos animais, permitindo assim alimentar a fome mundial;

- Diminui a poluição gerada pela utilização de pesticidas e adubos e libertação de gás metano (produzido pela fermentação do adubo orgânico) e gás de amónia (produzido pelo excremento dos animais);

- Aumenta o nosso nível de energia, tornamo-nos então mais felizes e saudáveis.


O que se pode fazer neste dia:

- Convidar a família ou amigos para ir a um restaurante vegetariano (descubra o restaurante mais próximo em http://www.centrovegetariano.org/index.php?destin=restaurants);

- Levar uns petiscos vegetarianos para o trabalho ou para a escola, para partilhar com os seus colegas (em http://www.centrovegetariano.org/receitas encontra muitas sugestões de receitas);

- Distribuir folhetos sobre as vantagens de uma alimentação vegetariana (pode descarregar alguns exemplos em http://www.centrovegetariano.org/index.php?cat_id=106);

. Experimentar uma receita vegetariana. Para o Dia Mundial Sem Carne, o Centro Vegetariano sugere, por exemplo:


Arroz com feijão e cogumelos

Ingredientes (4 pessoas):

1 chávena de arroz branco

1 cenoura

250g de feijão vermelho (pré-cozido)

250g de cogumelos laminados

1 cebola média

6 dentes de alho

2 folhas de louro

2 tomate maduros ou polpa de tomate

azeite q.b

sal q.b

3 chávenas de água


Preparação:

Num tacho refogar no azeite a cebola picada e os alhos. Juntar o tomate picado e a cenoura às rodelas. Deixar refogar um pouco mais e juntar 3 chávenas de água. Quando a água estiver a ferver juntar o arroz e deixa cozer cerca de 10 minutos.

A meio da cozedura, adicionar o feijão e os cogumelos. Juntar o louro e um pouco de sal e deixar cozinhar até o arroz estar cozido.

Servir acompanhado de uma salada colorida.


Fonte: http://www.centrovegetariano.org