sábado, 28 de março de 2009

"O homem que sobreviveu a duas bombas atómicas"


Ao dar uma vista de olhos ao jornal on-line do Público, deparei-me com a seguinte extraordinária notícia:

"Houve dois ataques nucleares na história da Humanidade: em Hiroxima, a 6 de Agosto de 1945, e três dias depois, em Nagasáqui. Em ambas as ocasiões, um engenheiro japonês estava lá quando o Inferno desceu à Terra. E sobreviveu para denunciar o horror na primeira pessoa.

Tsutomu Yamaguchi é forte candidato ao prémio de ser humano mais azarado de sempre. Mas, vistas bem as coisas, até teve muita sorte. A 6 de Agosto de 1945, este engenheiro da Mitsubishi Heavy Industries estava em Hiroxima em viagem de negócios quando a primeira bomba atómica explodiu sobre o Japão. Sofreu queimaduras e ferimentos vários, mas, após uma noite num centro de abrigo, regressou a casa. Em Nagasáqui. Mesmo a tempo de ser atingido pelo segundo ataque nuclear dos EUA, na semana mais negra do Japão e da história dos conflitos mundiais."

Para ler o artigo completo clique aqui.

Sem comentários: