Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

O veganismo não é moda, veio para ficar!

Ouve-se por aí que 2019 é o ano do veganismo, mas é muito mais do que isso. 2019 até poderá ser o ano com mais expressão até então, mas o boom está por vir, o futuro será inevitavelmente vegan, ou não haverá futuro de todo. Não são só as estrelas de cinema, os atletas de nível mundial ou as figuras públicas, por todo o mundo há cada vez mais pessoas a adotar este estilo de vida, que vai muito além da simples alimentação. Há uma tomada de consciência larga que faz com que a mudança seja inevitável. Um ser dito lúcido e com o mínimo de inteligência basta parar e refletir sobre as suas escolhas para um processo de mudança se iniciar. Vivemos num mundo acelerado que não deixa tempo para a plena reflexão e esse é um dos problemas.
A mudança pode ter início num dos seguintes pontos:
Ética: não há nenhuma necessidade de infligir sofrimento e tortura aos animais para nos alimentarmos. Eles são seres sencientes e é um contrassenso dizer que se gosta dos animais mas é só de alguns, não de todos.
Saú…
Mensagens recentes

Seja feliz

Para se ser saudável tem de se ser feliz.A infelicidade mina a saúde.Não, e ela não nos cai nas mãos, temos de ir à sua conquista. O mais importante é que não dependemos de ninguém, a felicidade mais pura está nas mais pequenas coisas, mas para o percebermos temos primeiro de liberar algum lixo que ocupa a nossa mente.Seja feliz, pela sua saúde!

Qual a pior prisão?

Quando o cárcere proporcionar melhor qualidade de vida do que o comum, rotineiro e preenchido dia a dia.Fiquei espantado ao ler um pequeno apontamento na revista Courrier Internacional deste mês, onde se lê que na Coreia do Sul há um estabelecimento chamado Prision Inside Me, onde o objetivo é o cliente ficar hospedado em condições semelhantes a um presídio.Para quê? "Para permitir aos trabalhadores exaustos romperem com o ritmo da vida diário." Refeições frugais, passadas por baixo da porta, sem contacto com o exterior, sem relógio para saberem a quantas andam, sem ninguém com quem falar.
Para já os poucos clientes dizem ter tido resultados extraordinários, chegando mesmo a afirmar "um sentido de liberdade".
Dá que pensar. O Ser humano hoje vive em tal corrida e stress que um local como uma prisão lhe proporciona melhor qualidade de vida.
Há que por os pontos nos Is e tomar as rédeas da nossa vida.

Vem comigo

Vidas frustradas por ilusões perdidas. Vidas gastas na comiseração. Zona de conforto que aprisiona a pobre alma, sem esta conseguir a garra, o entusiasmo para quebrar o fino fio que a prende, quando ela julga ser uma pesada corrente.Frustração dirigida ao outro pelo simples facto de não saber lidar com a dor que sente, por ver a vida passar por entre os dedos.Quantos apenas vêem o abismo à sua frente e não percebem que têm asas para voar. Asas tolhidas pela ignorância, agrilhoadas pelo deixa andar que um dia vai mudar.A existência passa e quando a senhora da foice chega já é demasiado tarde para despertar e correr para os braços da profunda realização.Mata a zona de conforto e vem comigo, não vai ser fácil, mas vai ser muito gratificante. E na caminhada sorrimos como se a meta fosse apenas mais uma etapa.

Doar para um mundo melhor

A doação faz parte da boa cidadania, da ética, e do cidadão do século XXI. Ao contrário do que possa parecer aos mais distraídos, vivemos num mundo cada vez melhor, longe de ser perfeito claro, e ainda com grandes diferenças sociais, mas muito mais esbatidas do que há 50 ou 100 anos.Veja-se por exemplo o número de pessoas que hoje vive em pobreza extrema (1,90 dólares/dia), pela primeira vez desceu abaixo dos 10% da população mundial. Em 1990 esse número era de 36%, hoje é de 9%. Muito graças ao mundo globalizado em que hoje vivemos e sobretudo à solidariedade de muitos.Está na dúvida a quem doar? Veja o seguinte site, organização fundada por Peter Singer: http://www.thelifeyoucansave.orgTenha um bom 2019 e faça com que outros o tenham também.Obrigado!

Aldeia demasiado global?!

Vivemos num mundo muito pequeno, numa aldeia global, graças às comunicações que foram sendo estabelecidas ao longo da História e com um grande contributo da expansão marítima portuguesa. Martin Page até escreveu o livro Portugal, a primeira aldeia global. Em pleno século XXI ninguém está longe, todos estamos à distância de um click. Contudo, é extraordinário como com todas essas potencialidades de proximidade relativa se vivam tempos de tanta distância entre pessoas que vivem lado a lado. A tecnologia que serviria para falarmos, vermos, a grandes distâncias são a razão pela qual as pessoas não se comunicam a curtos metros, pois cada um está ofuscado com a luminosidade do seu ecrã. A tecnologia de ponta só fará sentido se melhorar a nossa qualidade de vida e não o contrário. Bom ano!