Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Maio, 2011

Infeliz amigo

Infeliz aquele que se diz amigo, mas que na realidade não passa de um mero conhecido. Infeliz, pelo facto de na sua ausência não se aperceber da beleza da partilha descomplicada, do amor que flui no gesto amigo, descomprometido. Infeliz, por reprimir o sorriso àqueles que seriam os primeiros a retribuí-lo. Infelizes, por procurarem em parte incerta a felicidade.

Simplicidade desfocada

Quanta simplicidade poderia ser explorada e que nos passa ao lado. Quantos momentos simples e belos deixamos de apreciar. Quanta beleza nos passa à frente dos olhos desfocados, visão turva provocada pela ansiedade de querer abraçar todos os projectos que nos chegam e que no final de contas nenhum é levado a cabo com consciência plena e realização.

Felicidade

A felicidade de um indivíduo está relacionada com as condições e vivências do seu passado. Não se pode, portanto, exigir a uma pessoa que seja feliz ou que é fácil sê-lo, quando a pessoa que o afirma não teve o mesmo passado, o mesmo percurso, as mesma vivências, por vezes traumatizantes desde a infância. Há que haver essa compreensão. Não querendo com isto dizer que se deva desistir do caminho da felicidade, esse é o único caminho. E ela costuma estar nas coisas mais simples.