quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Batalha pela causa

Ergueram-se lentamente, à medida que a luz solar nascia lá longe, elevando-se da linha do horizonte. No lusco-fusco conseguiam vislumbrar, ao fundo, as hordas inimigas que se aproximavam confiantes.
Um campo vasto, negro, que agora recebia a primeira luminosidade, revelava movimentações frenéticas na sua direcção. Um arrepio na pele fez estremecer aqueles que deste lado se encontravam, protegidos pelo morro. Inspiraram profundo e com uma coragem advinda do mais intimo do seu ser, e da nobreza da causa pela qual lutavam, elevaram-se bem alto, endireitando o tronco e elevando o braço direito, onde seguravam lanças que brilhavam como faróis de esperança.
Com um grito, assemelhando-se a um tremor da própria terra, avançaram convictos e com olhos raiados de coragem e determinação. Nesse mesmo instante, o inimigo como que estagnou a sua investida, sinal da sua abalada confiança.
Lá em baixo, em campo aberto a batalha esperava. O bem e o mal mais uma vez confrontar-se-iam.

Escrito ao som da música Rinzler, dos Daft Punk, da Banda Sonora do filme Tron.

Sem comentários: