domingo, 26 de agosto de 2007

Plano de Combate a Incêndios

Este ano, o Plano de Combate a Incêndios está a resultar maravilhosamente. O Executivo arregaçou as mangas e fez os contactos correctos, para que de uma vez por todas nos livrássemos do inferno das chamas. Para tal, recorreu à divina providência que com a sua pronta disponibilidade mobilizou os meios necessários: chuva e mau tempo durante o Verão.
Quem não gostou foram os banhistas.

(fotografia: Walter Bibikow)

4 comentários:

migvic disse...

Por falar nisso, hoje estive na Serra de Sintra a passear e fiquei espantado, com a quantidade de carros de bombeiros mais jipes dos sapadores mais GNR. Estavam lá todos de prevenção como se de um fogo se tratasse.

Uma boa publicidade, eu fiquei impressionado

Carreira disse...

Uma medida acertadíssima, celebrar um acordo com a divina providência. Contratos com empresas de aviões de combate a incêndios? Isso passou à história, até porque se revelavam quase sempre ineficazes.

SILÊNCIO CULPADO disse...

Exactamente assim como dizes. Nada que chegue a um bom acordo com o S.Pedro. Isso permitiu ao governo vangloriar-se que 2007 foi o ano com menor área florestal ardida desde mil novecentos e troca o passo.Aliás nem precisamos dos tais helicópteros comprados aos russos e que só podem voar para o ano. Se o S.Pedro estiver disponível para renovar o acordo...

NETMITO disse...

BEM DITO...!

Abraço.